Novidade

A Importancia Do Uso De Oleo Lubrificante Adequado Nos Compressores De Ar
A Importância do Uso de Óleo Lubrificante Adequado Nos Compressores de Ar

Nos compressores o óleo lubrificante é de vital importância para o perfeito funcionamento do equipamento e sua vida útil.

A qualidade do óleo, e as trocas efetuadas no período correto, são fatores indispensáveis a considerar.

Em principio, as características básicas dos óleos lubrificantes para compressores de ar, são as mesmas utilizadas em outras aplicações e equipamentos.

 
Fatores como composição básica, índice de viscosidade, ponto de fluidez e ponto de fulgor, são os mesmos dos

óleos automotivos, porem os aditivos que garantem a eficiência para os mecanismos dos compressores é completamente diferente, visto que as reações químicas e físicas que ocorrem nos compressores são nitidamente diversas, das que ocorrem nos motores à explosão.

 

A função do óleo lubrificante nos compressores alternativos de pistão é igualmente muito semelhante aos óleos lubrificantes utilizados nos motores, diferenciando-se muito na sua aditivação.

 

Veja as principais funções do óleo lubrificante nos compressores:

 

- Facilitar as partidas, favorecendo a mobilidade das peças que sofrem atrito entre si.

- Lubrificar os componentes prevenindo o desgaste.

- Reduzir o atrito entre as peças móveis.

- Proteger os componentes contra oxidação e corrosão.

- Manter limpas as peças internas.

- Auxiliar no arrefecimento das peças internas.

- Vedar espaços entre peças que são submetidos a pressões.
 

As razões principais que requerem um óleo com aditivação diferente para os compressores de pistão são:

Temperatura e ausência de combustão.

 
Ao contrario do motor de um veiculo, com sistema de arrefecimento incorporado ao conjunto, os compressores alternativos de pistão variam em muito os picos de temperatura.

Fatores ambientais, de instalação e regime de trabalho intermitentes, submetem estes mecanismos a temperaturas que oscilam entre a temperatura ambiente, até mais de 200º acima. Além disso, a combustão por injeção de combustível não existe, sendo que os subprodutos da queima não estão presentes no cilindro. Haverá produção de contaminantes e até carbonização, porém em menor proporção.

 
Para situações com temperatura ambiente baixa e climas de inverno rigoroso, é necessário utilizar um óleo industrial (com a composição citada), acrescido do fator “W”,(sigla de winter-inverno) com índice de viscosidade de acordo com a descrição abaixo:
 

Abaixo de 10º – Óleo SAE 10W (Óleo mineral sem detergente)

De 0º a 10º – Óleo SAE 20W (Óleo mineral sem detergente)

De 15º 60º – Óleo AW 150 (Óleo mineral sem detergente)

 

fonte: compressoressdearchultz.blogspot.com.br